Professora Sandra Alvim homenageada em Alameda que leva seu nome

Professora Sandra Alvim homenageada em Alameda que leva seu nome

Na manhã de domingo, 21 de novembro de 2021, a professora Sandra Alvim foi homenageada pela Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro na Alameda que leva seu nome.
Há mais de 20 anos, no Recreio dos Bandeirantes, uma alameda leva o nome da professora Sandra Alvim. Recentemente, a alameda passou por um processo de revitalização com o plantio de árvores dedicadas às vítimas da Covid-19, uma ação que conta com apoio das Organizações das Nações Unidas através do projeto “Bosques da Memória”. Durante a solenidade de inauguração do bosque, as filhas de Sandra Alvim, Isabela e Adriana, estiveram presentes e receberam homenagem do Subsecretário de Meio Ambiente, Lucas Wosgrau Padilha.
A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo manifesta seu orgulho pela valorização da memória da professora Sandra Alvim estar associada à ativação de uma área verde da cidade e se solidariza com as famílias das vítimas da Covid-19 homenageadas no bosque.

Professora Sandra Poleshuck Faria Alvim (1940-1997) foi doutora em Estética pela Sorbonne, com diploma em Estudos Avançados em História da Arte pela mesma universidade. Fez mestrado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, licenciatura em História pela Universidade Santa Úrsula e em Educação Artística pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Foi pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Na FAUUFRJ, atuou como professora de Arquitetura no Brasil no Departamento de História e Teoria. No mesmo departamento, fundou o Núcleo de Estudos da Arquitetura Colonial (NEAC), atividade que subsidiou a construção de um de seus trabalhos mais reconhecidos, o livro “Arquitetura religiosa colonial no Rio de Janeiro”, publicado em 2014 pela Editora UFRJ com apoio da Faperj.